Catequese batismal

ORIENTAÇÕES PARA PAIS E PADRINHOS SOBRE O BATISMO

“Vão e Façam com que todos os povos se tornem meus discípulos batizando-os em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo”  (Mt 28,19).

Caros Pais e Padrinhos,

Que o Espírito Santo, desde já, os ilumine nesta caminhada batismal!

É com imenso carinho e amor que a Paróquia da Santa Cruz os recebe para o início deste encontro com o Cristo e sua Igreja. É pelo sacramento do Batismo que se abrem as portas da vida em Jesus Cristo e na comunidade Eclesial.

O Batismo perdoa o pecado original, todos os pecados pessoais; faz participar na vida divina da Trindade mediante a graça santificante, a graça da Justificação que incorpora em Cristo e na Igreja; faz participar no sacerdócio de Cristo e constitui o fundamento da comunhão entre todos os cristãos; confere as virtudes teologais e os dons do Espírito Santo. Por isso é tão importante este sacramento, pois nos marca, de forma irreversível, com o selo de CRISTÃO, seguidores de CRISTO, suas testemunhas no MUNDO.

O Batismo não é, portanto, um mero rito social, ocasião para uma festa, nem algo mágico para eliminar males que a criança, porventura, esteja passando. Nesta caminhada cristã que se inicia com o Batismo, os pais e padrinhos tem papel fundamental.

Os PAIS são os primeiros educadores na fé de seus filhos. Rezar com eles, fazê-los conhecer e proporcionar-lhes o verdadeiro encontro com Jesus Cristo e sua comunidade de fé, que é a Igreja, são compromissos assumidos por eles no Batismo.

Os PADRINHOS, que são os “pais espirituais”, possuem o compromisso com a mesma fonte de fé, afinal, são também eles membros da Igreja e professam a fé em Cristo como Senhor e Salvador.

Segundo as Orientações Pastorais da nossa Arquidiocese, para assumir a missão de padrinho ou madrinha, requer-se:

Um casal ou uma só pessoa (CDC, Cân. 873);

A intenção de aceitar a incumbência;

Idade mínima de 16 anos;

Ser Católico praticante;

Ter feito à primeira comunhão e recebido a Crisma;

Se casados, que o sejam na Igreja.

Parentesco, amizade, estima e consideração não habilitam para ser padrinho. Ser padrinho e madrinha é uma missão eclesial a uma pessoa reconhecida como “minimamente preparada” para ajudar um afilhado a conhecer e viver a fé do batismo. A vivência da própria fé, inclusive com participação na vida comunitário e sacramental é indispensável.

No caso de pais não casados na Igreja, queremos ajudá-los a regularizar sua situação perante a comunidade eclesial. Para tanto, se isso lhes for possível, recomendamos que busquem não só o Batismo para seu filho(a), mas também o sacramento do matrimônio para eles mesmos. Mães solteiras, pais separados, divorciados cuja regularização de vida sacramental não seja possível, também podem participar do encontro preparatório e da celebração do Batismo. Todavia, pedimos que principalmente nesses casos seja dada uma atenção especial à escolha dos padrinhos.

Estes devem ser modelos de vida cristã para seus afilhados. Aqueles que não receberam ainda a primeira Comunhão, nem o sacramento da Crisma, recomendamos que procurem se inscrever na “Catequese de Adultos” , buscando se preparar e receber estes sacramentos tão importantes para completar sua iniciação na vida Cristã. Assim estarão mais unidos a Cristo e a Igreja! nós queremos acolher a todos com grande amor e carinho, fazendo todos crescerem na fé e na graça de Deus!

Acesse o link para fazer a sua inscrição da Catequese Batismal

https://forms.gle/Wr2YKK2WZdQnKNqs8

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *