Primeiro dia do Tríduo e Santa Missa Solene em preparação a Ordenação de Frei Douglas Paulo Machado, OFM

Dia 23 de Setembro, quarta-feira, ocorreu, logo depois das missões, o primeiro dia do Tríduo, no qual foi rezado a Coroa Franciscana das sete alegrias de Nossa Senhora juntamente com toda a comunidade. Após, tivemos a Santa Missa Solene em memória de São Pio de Pietrelcina, presidida por Pe. Frei André Luiz Henriques, OFM.

Fotos: João Victor Costa Bonetti e Geovana Hoffmann
Texto: Geovana Hoffmann

Primeiro dia de Missão em preparação a Ordenação de Frei Douglas Paulo Machado, OFM

Dia 23 de Setembro, quarta-feira, durante o período da manhã e a tarde os aspirantes e freis, acompanhados do nosso administrador paroquial, Padre Kelvin, foram fazer um trabalho missionário na escola do bairro. A escola selecionada foi a Prof. Maria do Carmo Lopes.
Os aspirantes responsáveis pela ala infantil prepararam uma “contação de história” sobre a vida de Santos, em especial São Francisco de Assis. Pe. Frei Henriques explicou sobre vocação, como viver uma vida santa sendo leigo, a paz dentro das famílias, sobre a espiritualidade franciscana e deu a oportunidade para o aspirante Guilherme Plotegher Neto dar seu testemunho, abrindo um espaço para falar sobre a vida de Santa Clara.
Frei Diego, responsável pela ala jovem, explicou sobre o chamado de Frei Douglas, passou videos e deu grande abertura para dúvidas, sanando a todas.
Freis e aspirantes tiveram a oportunidade de almoçar na comunidade Santa Paulina (Jardim Zanellato), aproveitando para conhecer a Igreja.

Fotos: André Duarte e Geovana Hoffmann
Texto: Geovana Hoffmann

Santa Missa Solene com benção da imagem de São Francisco de Assis

Dia em que celebramos a impressão das chagas em São Francisco, 17 de Setembro, tivemos a Santa Missa Solene com a benção e inauguração da imagem do Santo de Assis. Gratidão a todos os benfeitores que nos ajudaram a adquira-la. Deus os abençoe!

Santa Missa Solene de Nossa Senhora das Dores

Celebramos sua compaixão, piedade; suas sete dores cujo ponto mais alto se deu no momento da crucificação de Jesus.

A Igreja reza a Maria neste dia, pois celebramos sua compaixão, piedade; suas sete dores cujo ponto mais alto se deu no momento da crucificação de Jesus. Esta devoção deve-se muito à missão dos Servitas – religiosos da Companhia de Maria Dolorosa – e sua entrada na Liturgia aconteceu pelo Papa Bento XIII.

A devoção a Nossa Senhora das Dores possui fundamentos bíblicos, pois é na Palavra de Deus que encontramos as sete dores de Maria: o velho Simeão, que profetiza a lança que transpassaria (de dor) o seu Coração Imaculado; a fuga para o Egito; a perda do Menino Jesus; a Paixão do Senhor; crucificação , morte e sepultura de Jesus Cristo.

Nós, como Igreja, não recordamos as dores de Nossa Senhora somente pelo sofrimento em si, mas sim, porque também, pelas dores oferecidas, a Santíssima Virgem participou ativamente da Redenção de Cristo. Desta forma, Maria, imagem da Igreja, está nos apontando para uma Nova Vida, que não significa ausência de sofrimentos, mas sim, oblação de si para uma civilização do Amor.

Nossa Senhora das Dores, rogai por nós!

Fonte: http://santo.cancaonova.com/santo/nossa-senhora-das-dores-nos-aponta-para-uma-nova-vida/

Foto: Geovana Hoffmann

Santa Missa da Solenidade da Exaltação da Santa Cruz

AVE CRUX SPES UNICA!

Dia 14 de Setembro, em comunhão com toda a Igreja de Cristo espalhada pelos quatro pontos cardeais, realizou-se a Santa Missa, em grau de solenidade, da Exaltação da Santa Cruz, padroeira de nossa amada Paróquia, sob a presidência de Dom Vito Schlickman, bispo-auxiliar emérito. Tivemos a presença do Pe.Arnildo Longhi Primon, Diácono Tiago Willian Souza e demais seminaristas.

Foto: Izadora do Amaral Castro
Texto: Diogo César da Rocha

20 / 37«...10...1819202122...30...»