Provisão e posse nova coordenação de CPC da Comunidade Matriz Santa Cruz

No último domingo, dia 6 de abril, celebramos o Vº Domingo da Quaresma. Na ocasião foi lida a Provisão e realizada a posse na nova coordenação do Conselho de Pastoral da Comunidade da Matriz Santa Cruz. Com o Vº Domingo da Quaresma entramos numa preparação mais intensa para o Tríduo Pascal da Paixão, Morte e Ressurreição do Senhor. As leituras nos falam ódio e das conjurações que levam os chefes dos judeus a entregar Jesus à morte. A Igreja concentra sua atenção no Senhor que padece, e o acompanha em seu caminho de dores, que, pelas hostilidades dos homens, o conduz ao calvário.
Notemos que as imagens estão veladas. Conforme o Diretório da Liturgia, da CNBB, neste domingo “pode-se conservar o costume de cobrir as cruzes e imagens da igreja. As cruzes permanecerão veladas até o fim da celebração da Paixão do Senhor, na Sexta-feira Santa. As imagens, até o início da Vigília Pascal” (Cf. Missal Romanao: sábado da 4ª semana da Quaresma).
O costume de velar as imagens remota do uso vigente já no século IX, de estender um véu diante do presbitério no tempo da quaresma. Esse rito lembrava os fiéis que ao receber as cinzas na fronte tornavam-se penitentes e por isso não mereciam ver as cerimônias do Santo Sacrifício. É simbolicamente um sinal de tristeza, condigna do tempo litúrgico, e exprime o ocultamento da divindade de Cristo, que tolerou assim ser maltratado, humilhado e perseguido pelos homens. Deste modo, a Igreja demonstra sua compaixão pelo Esposo, omitindo as demonstrações de alegria. Faz parte do processo de morte na liturgia: ao início da quaresma não há “Glória”, nem “Aleluia”, nem as flores. Agora as imagens são cobertas pelo roxo penitencial. Ao limiar da Vigília Pascal não haverá mais nem luz! E, a partir da noite santíssima da Páscoa, a liturgia renasce, manifestando toda sua alegria em Cristo ressuscitado: Luz do Mundo, Palavra de Deus, Fonte de Água Viva, Pão Vivo descido do Céu!
Com a mais intensa contemplação das dores do Salvador, possamos ter maior dor de contrição pelos nossos pecados, que custou a Vida do Senhor. Assim, aumente também nosso amor por Jesus que se doou pela nossa salvação

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>